segunda-feira, 11 de julho de 2016

Açude Castanhão pode atingir o seu volume morto até o fim do ano em curso

Jaguaribara. No ano em que completa 14 anos de inauguração, o maior açude de múltiplos usos do Ceará, o Castanhão, não será capaz de assegurar, sozinho, as necessidades hídricas para as quais foi construído. O gigante que, até então, é quem garante o abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a perenização do Rio Jaguaribe até a foz, parte da agricultura irrigada e das indústrias do Pecém, precisará da ajuda do Orós, que possui cerca de três vezes menos capacidade total, para atender demandas essenciais do próximo semestre.
LEIA MAIS...(Clicando no link da fonte da matéria original):
http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/regional/acude-castanhao-pode-atingir-o-seu-volume-morto-ate-o-fim-do-ano-em-curso-1.1580163

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... '