segunda-feira, 11 de abril de 2016

Escola Marieta Cals promoveu palestra para celebrar a Abolição da Escravatura no Ceará

Ciente do seu papel de formação de opinião e de promoção de reflexão acerca de assuntos que dizem respeito à formação cidadã de seus estudantes, a Escola Marieta Cals promoveu, no último dia 31 de março, um momento de reflexão acerca do ser negro na sociedade atual.
O momento se mostrou bastante oportuno na medida em que se aproveitou a passagem da data em que se comemora a abolição dos escravos no Ceará (25 de março) para fomentar essa discussão.
O evento teve início com a fala da historiador Alan Soares, o qual fez um relato histórico de como se deu o processo abolicionista no Ceará, mostrando aos estudantes que tal processo foi muito mais uma ação em prol dos donos de escravos (que não tinham mais lucros com o processo escravocrata) do que propriamente uma ação para beneficiar a população negra escrava.

Em seguida, estudantes da escola encenaram um cinema mudo, o qual mostrava a vida pós-escravidão dos ex-escravos, que ficaram "livres" mas não conseguiam emprego devido à sua condição de ex-escravos. Também foi mostrada a realidade da população negra, num momento posterior, em que o preconceito racial fazia com que fosse reservado aos negros apenas empregos mais humildes, como babá, empregada doméstica, etc.
Ao final, como forma de exaltar a população negra, de forma a combater o preconceito que ainda persiste, houve uma exposição de fotos de estudantes negros desta escola, resultante do projeto Beleza Negra.
É com ações como esta que a Escola Marieta Cals se firma, cada vez mais, como uma escola que foca na aprendizagem de seus alunos, sem esquecer, contudo, de promover uma formação crítica e reflexiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... '