domingo, 30 de abril de 2017

Morre o cantor e compositor cearense Belchior aos 70 anos; corpo será velado em Sobral e sepultamento em Fortaleza

O músico cearense Belchior teve morte confirmada neste domingo, 30, no Rio Grande do Sul, aos 70 anos. O Governo do Estado do Ceará foi contatado pela manhã com um pedido de traslado do corpo. O chefe da Casa Civil, Nélson Martins, recebeu uma ligação do sindicalista Walmick Ribeiro, que, por sua vez, havia recebido a informação sobre a morte do cantor por meio do contato da presidente da Federação Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal, Célia Zingler.

Célia era vizinha de Belchior na cidade de Santa Cruz. Um representante da Casa Militar do Rio Grande do Sul já esteve na residência de Belchior e confirmou a informação para a Casa Militar do Ceará, na pessoa do coronel Túlio Studart.

A sobrinha do cantor, Lara, filha de Ângela Belchior, disse que as causas da morte ainda são desconhecidas e que o Governo e a Casa Civil estão mobilizados para realizar o traslado. De acordo com a assessoria do governo do Estado, devido às questões burocráticas e à distância, o corpo do cantor e compositor cearense só chegará em Fortaleza às 5h de segunda-feira(1). Ele será levado à Sobral, onde será velado, no Teatro São João. À tarde e à noite, Belchior receberá homenagens da família, amigos e fãs em um velório aberto ao público. O Governo do Estado disponibilizou dois espaços para o velório, o Palácio da Abolição e o Theatro José de Alencar (TJA). A família escolheu o TJA. O enterro acontecerá no Parque da Paz, onde está o túmulo dos pais dele.
O governador Camilo Santana lamentou a morte e decretou luto oficial de três dias. "Recebi com profundo pesar a notícia da morte do cantor e compositor cearense Belchior. Nascido em Sobral, foi um ícone da Música Popular Brasileira e um dos primeiros cantores nordestinos de MPB a se destacar no país, com mais de 20 discos gravados. O povo cearense enaltece sua história, agradece imensamente por tudo que fez e pelo legado que deixa para a arte do nosso Ceará e do Brasil. Que Deus conforte a família, amigos e fãs de Belchior. O Governo do Estado decretou luto oficial de três dias", afirmou Camilo.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, também lamentou a morte do músico cearense. "A cultura musical cearense e de todo o País, assim como outras expressões das nossas artes, perde uma das suas mais marcantes personalidades. Não há como aferir o tamanho dessa perda que, infelizmente, encerra um longo e grave período de ausência de Belchior entre nós. É hora de nos solidarizarmos com os parentes, amigos e fãs, dentre os quais me incluo, alem de manifestarmos a nossa eterna gratidão por este cearense ter trazido ao mundo uma poesia transcendente em todos os seus aspectos", afirmou em nota.

O secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, também se pronunciou sobre o luto que o Ceará vive. "Além de se despedir da genialidade, do lirismo e da contundência de Belchior, de sua magistral reinvenção da canção popular brasileira, capaz de levar a todas as classes sociais temas densos e profundos, também embalados em espírito crítico, irônico, transformador, o Ceará diz adeus neste domingo a um sonho cultivado por seus cidadãos: o de ver Belchior, na hora que ele julgasse acertada, retornar a nosso Estado e, quem sabe, também aos palcos e estúdios. Com a certeza de muitas e maravilhosas coisas novas pra dizer. Além da importância de sua vasta obra musical, que merece ser cada vez mais estudada, conhecida e reconhecida para além dos grandes sucessos, ficam para sempre nos corações dos cearenses o sorriso, a verve e as canções do eterno Bel. Porque viver é melhor que sonhar", declarou, em nota, o titular da Secult.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... '