terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Garota faz cirurgia para retirar pequeno cérebro que crescia em seu ovário

Uma garota de 16 anos passou por uma cirurgia, no Japão, para retirada de um tumor em seu ovário. Dentro do tumor de 10 centímetros, os médicos encontraram um pequeno cérebro, com cerca de três centímetros e cabelos grisalhos, cobertos por uma fina camada de osso craniano.

Após um exame mais aprofundado, os médicos determinaram que se tratava de uma versão em miniatura de um cerebelo, parte que, geralmente, fica abaixo dos dois hemisférios do cérebro.
O caso foi revelado por um estudo divulgado pela Universidade de Medicina de Nara, no Japão. O tumor foi retirado e a menina, cuja identidade não foi divulgada, se recupera bem. De acordo com informações do jornal Daily Mail, do Reino Unido, cerca de 20 por cento dos tumores localizados nos ovários contam com material estranho ao órgão, como cabelo, dentes, cartilagem, gordura e músculos. Esses tumores recebem o nome de teratomas, palavra com origem grega, onde ‘teras’ significa monstro.

Masayuji Shintaku, uma das pesquisadoras que estudou o tumor, explica com as células cerebrais podem ser encontradas em teratomas, mas é extremamente raro que elas consigam se organizar e formar, de fato, uma estrutura cerebral, como a encontrada na garota.

“Encontrar elementos neurais em teratomas ovarianos é algo normal, mas essa estrutura transformada em um cérebro é raro”, corrobora Angelique Riepsamen, da Universidade de New South Wales, da Austrália. Com o cérebro desenvolvido, ele pode emitir impulsos elétricos que podem ser transmitidos pelos neurônios, como um cérebro normal. As pesquisadoras destacam que, em alguns casos, o cérebro estranho ao corpo pode gerar mudanças de personalidade, pensamentos paranoicos, confusão, agitação e perda de memória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...